Notícias

Blog Single Image
24
set

Colégio de Presidentes pedirá ao governo solução para delegacias de polícia sem servidores e flagrantes fora do local do fato


O Colégio de Presidentes da OAB Paraná debateu na quinta-feira a situação das delegacias sem servidores e o modo como flagrantes têm sido realizados. A partir dos pontos abordados, a OAB Paraná vai solicitar soluções ao governo do estado.

Atualmente, nos municípios menores, os flagrantes são lavrados em cidades que são polos regionais, o que exige o deslocamento da Polícia Militar, dos advogados e do preso. Quando chegam ao local, o flagrante é realizado, muitas vezes, por um delegado que não está na delegacia, mas que atende telepresencialmente. Portanto, não há razão para esse deslocamento já que o delegado não fará o atendimento presencial.

Os presidentes de subseções também denunciaram a defasagem atual de mais de 300 delegados nos quadros da Polícia Civil, a falta de escrivães e de investigadores. Muitas delegacias estão funcionando apenas com estagiários. Essa situação vem sendo motivo de constantes reclamações nas audiências da caravana OAB Paraná Total. A seccional vai cobrar providências do governo do estado e da Assembleia Legislativa e também levará o tema ao Ministério Público para que atue na defesa dos direitos do cidadão.

FONTE:https://www.oabpr.org.br/


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *