Notícias

Blog Single Image
21
maio

OAB recebe Procurador da Lava Jato, Juiz e Delegado da Polícia Federal

A OAB São José dos Pinhais realizou,  dia 17/05, mais um evento “Como Combater a Corrupção”, com o apoio do Observatório Social e da Associação Comercial de São José dos Pinhais – ACIAP, proposta da OAB para que o cidadão possa ajudar o Poder Público, acompanhando compras, licitações e entrega de serviços públicos. A palestra foi aberta ao público que lotou o auditório da subseção para ouvir o Procurador da República, integrante da Lava Jato, Roberson Pozzobon; o Delegado da Polícia Federal, Chefe da Delegacia de Investigação contra Crimes Financeiros, Felipe Hayashi e o Juiz Federal da 14ª Vara Federal Criminal de Curitiba, Marcos Josegrei da Silva. Também participaram do evento o Presidente do Observatório Social, advogado Carlos Vanderlei Muhlstedt e o Presidente da Associação Comercial, Claudemir Gibrim.

 

O Delegado Felipe Hayashi falou sobre a importância de entidades da sociedade civil no combate a corrupção a exemplo do Observatório Social e apresentou dados das operações da Polícia Federal e valores desviados da Petrobrás em pagamento de propina com cifras que superam milhões de dólares. Já o Procurador Roberson Pozzobon ponderou sobre o passado e o futuro: “quem imaginaria que um dia grandes autoridades, empresários e políticos estariam atrás das grades?”, questionou.  O Presidente da Subseção, Jaiderson Rivarola, comentou sobre as alegações de seletividade na investigação de partidos, inclusive comparando a Mãos Limpas na Itália e a Lava Jato, com reações como a alegação de golpe de Estado e perseguição política. O Procurador afirmou que trabalha com pessoas que não possuem qualquer vínculo partidário e que todos são investigados, independentemente da bandeira ou ideologia que defendem.

 

O Juiz Federal Marcos Josegrei da Silva falou do trabalho na Operação Carne Fraca e da fraude nas bolsas de estudo da UFPR, especialmente pela falta de controle que levou aos desvios do direito da Universidade e ponderou sobre o sistema de justiça brasileiro, que outrora era conhecido por prender pobres e hoje sofre mudanças importantes, pois permite ao Juiz analisar provas, absolver e ou condenar quem quer que seja.  O Presidente do Observatório Social, Carlos Vanderlei Muhsltedt, falou sobre a criação do Observatório e da necessidade de mais apoio para a entidade, que se mantém com doações não governamentais. Carlos também informou que os integrantes são voluntários e não possuem vinculação partidária, o trabalho visa auxiliar o Poder Público no combate a corrupção, “primeiramente é comunicado o gestor público para corrigir eventual distorção, o objetivo é evitar compras com valores acima do mercado.” O Presidente da Associação Comercial, Claudemir Gibrim, enfatizou a necessidade da sociedade São-joseense em apoiar o observatório, “seja como voluntário ou com ajuda financeira, apoiando a administração pública na melhor forma de comprar com eficiência e qualidade, incentivando as compras locais, principalmente, das micro e pequenas empresas, gerando economia e emprego em nossa região.”

 

Os números da Lava Jato impressionam, assim como todas as notícias sobre corrupção no País, mas para o Presidente da Subseção, Jaiderson Rivarola, é importante cuidar do que esta próximo, da cidade, do quintal de casa. A corrupção não esta só em Brasília, esta em todo lugar, “O cidadão pode acompanhar pelo portal da transparência do município as compras, licitações, entregas de obras, serviços públicos e cobrar providências para corrigir erros sob pena de ser considerado tentativa de fraude. Evitar o desvio do dinheiro público é o melhor caminho e a OAB São José dos Pinhais vai continuar organizando cursos e palestras para preparar o cidadão a combater a corrupção.”, finalizou o presidente.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *