Notícias

Blog Single Image
10
set

DIA MUNDIAL DE COMBATE AO SUICÍDIO


 

Em meio ao inverno, aprendi que bem dentro de mim,  morava um verão invencível”

Albert Camus

 

Estamos passando por um dos momentos históricos, mais difíceis da nossa atualidade. A expressão SOBREVIVER ganhou novo sentido, em meio a esta nova realidade. Hoje sabemos um pouco do que é estar atentos, buscando sobreviver a cada dia. Contudo, esta é a realidade silenciosa de muitas pessoas, inclusive de nosso convívio. Pessoas que precisam lutar diariamente, dentro de si mesmas, para sobreviver, numa batalha interna, onde cada indivíduo luta com seus próprios fantasmas e seus próprios medos. 

 

O sentimento do “inverno existencial”, pode ter vários gatilhos, sejam por questões pessoais, sociais, familiares ou econômicas; levando, aos poucos, a pessoa, para um crescente sentimento de solidão, exaustão, frio. Como na frase de Albert Camus que abre este texto, precisamos aprender que; dentro de nós, o verão é INVENCÍVEL. Mas que não precisa ser um itinerário solitário, por mais que, estejamos nos sentindo assim.

 

PROCURAR AJUDA e FALAR DO PROBLEMA, são pontos fundamentais. Ao primeiro sinal de alerta, procure ajuda, fale do seu problema com alguém. Se você não tiver com quem se abrir, ou até mesmo, estiver receoso de falar com as pessoas próximas; ligue para o CVV – Centro de Valorização da Vida, discando 188 ou acessando cvv.org.br.

 

Segundo informações do Ministério da Saúde, são registrados todos os anos no Brasil, cerca de 12 mil suicídios. Dentro desta estatística, a principal causa é a Depressão, seguido pelo transtorno bipolar e o abuso de substâncias químicas. Em números, os transtornos mentais são responsáveis por cerca de 96,8% dos casos de suicídio em nosso país. 

 

Os dados são alarmantes, por isto todos precisamos ficar atentos; zelando diariamente por nossa qualidade de vida e lembrando que: falar é o primeiro passo. Participe dessa Campanha de Conscientização. E se estiver precisando conversar, procure ajuda, ou indique os contatos do CVV para alguém que esteja precisando.

 

Na maioria das vezes, os sinais são silenciosos, a depressão e a tristeza são mascaradas por uma alegria, muitas vezes exagerada. Segundo a CVV, a crença de que quem sofre de depressão sempre aparenta tristeza e busca isolamento é um mito que prejudica o estabelecimento de uma rede de ajuda para a pessoa que não se enquadra neste perfil.

 

Abaixo, a relação dos Principais Sintomas da Depressão, listados pelo Ministério da Saúde:

 

– tristeza profunda;

– distúrbios do sono;

– pensamentos negativos;

– desinteresse e apatia;

– baixa autoestima;

– desleixo com a aparência;

– dores físicas;

– rejeição;

– irritabilidade;

– choro frequente;

– falta de vontade de fazer atividades simples;

– mudanças comportamentais bruscas;

rejeição a determinados assuntos.

 

MINISTÉRIO DA SAÚDE. 10/9 Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Disponível em: http://bvs.saude. gov.br/ultimas-noticias/3031-10-9-dia-mundial-de-prevencao-do-suicidio. Acessado em 01.09.2020.
https://www.cvv.org.br/blog/depressao-que-nao-se-ve/. Copyright 2020 CVV – Centro de Valorização da Vida. Todos os direitos reservados.

 

 

ADRIANA APARECIDA LOPES DE SOUZA, Advogada, Delegada da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná

DIONATAN LEMES DA LUZ, Licenciado em Filosofia, colaborador da OAB.SJPinhais


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *